domingo, 24 de novembro de 2013

Pb Andre Luiz - Mateus 26:36-46



E, quando comiam, Jesus tomou o pão, e abençoando-o, o partiu, e o deu aos discípulos, e disse: Tomai, comei, isto é o meu corpo.
E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho, dizendo: Bebei dele todos;
Porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados.
E digo-vos que, desde agora, não beberei deste fruto da vide, até aquele dia em que o beba novo convosco no reino de meu Pai.
E, tendo cantado o hino, saíram para o Monte das Oliveiras.
Então Jesus lhes disse: Todos vós esta noite vos escandalizareis em mim; porque está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho se dispersarão.
Mas, depois de eu ressuscitar, irei adiante de vós para a Galiléia.
Mas Pedro, respondendo, disse-lhe: Ainda que todos se escandalizem em ti, eu nunca me escandalizarei.
Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que, nesta mesma noite, antes que o galo cante, três vezes me negarás.
Disse-lhe Pedro: Ainda que me seja mister morrer contigo, não te negarei. E todos os discípulos disseram o mesmo.
Então chegou Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmani, e disse a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto vou além orar.

Mateus 26:26-36

Pr Juvenal Irene - Efésios 5:14-21



Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.
Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios,
Remindo o tempo; porquanto os dias são maus.
Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor.
E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito;
Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração;
Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo;
Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus.

Efésios 5:14-21

Marcio Tadeu Molina - Lucas 17:5-6 - Medidas de Fé



Disseram então os apóstolos ao Senhor: Acrescenta-nos a fé.
E disse o Senhor: Se tivésseis fé como um grão de mostarda, diríeis a esta amoreira: Desarraiga-te daqui, e planta-te no mar; e ela vos obedeceria.

Lucas 17:5-6

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

O QUE ESTAMOS ENSINANDO DA OBRA MISSIONÁRIA NO CULTO DE DOMINGO

            Infelizmente nos dias de hoje os mecanismos de evangelização, tais como televisão, rádio, outros materiais próprios estão totalmente desencontrados com as informações de como deve ser um culto de adoração a Deus. Alguns lideres interpretam que o foco de um culto de adoração deve ser suas próprias necessidades e outros nomeiam suas idéias como se fosse orientado diretamente pelo Deus Altíssimo. Existe uma vasta gama de títulos para os nossos cultos de domingo, tais como, Santa Ceia do Concerto, Oficiais, da Revolta entre outros.
Vemos ainda que até a forma que achamos Ortodoxa está muito longe de ser o que as Escrituras mostram. Esquecemos que nosso culto deve ser de ação de graças, e prestamos qualquer tipo de culto contando com o melhor de nossa imaginação. Como somos uma colheita de uma plantação mal feita por nossos contemporâneos, deveríamos nos perguntar se realmente aprendemos a cultuar a Deus da forma correta. Nos entregamos, a qualquer onda ou modismo que absorvemos através de vigílias, programas de televisão ou de rádio onde as “experiências espirituais” são mais importantes do que uma experiência pessoal com Cristo e Sua Palavra.  Hoje em dia são distribuídos todos os tipos de souvenirs ou amuletos espirituais, tais como, lencinhos, água abençoada, cimento da casa própria etc, para que possamos renovar a nossa fé a cada dificuldade ou nos estimular a lutar por nossos ideais espirituais ou não. Sempre esquecemos que nosso objetivo de adoração deve ser sempre Cristo e não estes objetos que são guardados como tesouros.
A nossa maior dificuldade é Santificar um dia por semana para o Senhor, e criticamos veementemente Judeus e Evangélicos que guardam o sábado como mandamento. Não temos coragem de acordar para irmos ouvir o ensinamento da Palavra na Escola Dominical. No momento que acordamos e depois saímos de casa para irmos a igreja estamos iniciando o Culto de Domingo. Ao voltarmos para casa, nos reunimos com a família e nosso culto permanece, até que vamos novamente a Igreja para nosso culto de adoração a Deus. Para a maioria de nós domingo é apenas um dia de descanso.
Ao chegarmos a igreja, esquecemos de ter a devida reverencia diante da leitura e do estudo da Palavra de Deus. Não nos preparamos para lecionar ou aprender. Infelizmente nos dias de hoje o povo cristão não tem o mínimo de educação, quanto a manter o silêncio e a inquietação durante o culto, atrapalhando o andamento e a concentração das pessoas interessadas em adorar a Deus.
Um dos maiores problemas que hoje podemos observar é a preparação para Culto. A falta de comprometimento de músicos, dirigentes, grupos e departamento tem sido uma pedra no trabalho da igreja, pois normalmente nem todos estão dispostos a pagar o preço para que o Nome de Deus seja louvado de uma forma correta. Algumas pessoas acreditam que Deus tem de ouvir algo que eles não ouviriam, que o louvor que está saindo de seus lábios estão chegando ao trono de Deus. Este engano é freqüente, pois da mesma forma que prefiro ouvir um cd ao um disco de vinil ou assistir uma televisão digital a uma convencional cheia de chuvisco, acredito que Deus se alegra em ouvir a nossa voz tentando dar o melhor.

Temos que tentar aprender o que realmente a Bíblia nos ensina quanto ao Culto que deve ser racional e coletivo e não individual. Para que possamos adorar a Deus na congregação dos justos, temos que estar no Templo com um só pensamento, uma só vontade e uma só direção, que é Jesus Cristo Nosso Senhor e Salvador. 

sábado, 17 de agosto de 2013

Pr Oswaldo Mendes - Talentos



Lançamento! - Pergunte a seu amigo muçulmano



Como o Islamismo surgiu e o que ele ensina? Quais são seus grupos e movimentos? Quais são as respostas bíblicas às objeções muçulmanas? Como os cristãos podem interagir com muçulmanos?
Essas são apenas algumas questões às quais o Dr. Andreas Maurer, teólogo e expert em relações entre muçulmanos e cristãos, dá respostas claras.

"Há pouco material em português que ofereça uma cobertura tão agradável das crenças e práticas islâmicas básicas, de apologética e de meios de se compartilhar a fé." (Rev. Dr. David Lundy, Diretor Internacional da Arab Word Ministries.)

Faça agora mesmo seu pedido
   de R$ 23,90 por R$ 19,12



Editora Aleluia

  
www.editoraaleluia.com.br/loja 

 Rua Gavião de Cauda Curta, 115 - Pq. Industrial II - Arapongas - PR
Telefones: (55) (43) 3172-4040 - 0800-400-0005

Doutrina das Coroas ou Galardão


Há ensinamentos bíblicos que, às vezes,
passam despercebidos pelos cristãos.
Um exemplo é a doutrina das coroas ou galardão
que estão reservadas aos que aceitaram a Jesus
como seu salvador.
Há muitas fantasias sobre esse assunto,
devido a afirmação de algumas pessoas que dizem
ter visto suas coroas em sonho,
outras dizem ter visto em visão e, outras,
ainda, através de arrebatamento.
Por isso, é interessante analisarmos, à luz da Bíblia,
de que maneira conquistamos essas coroas
e quando iremos recebê-las.



           
A Coroa da Vida
         Tg 1: 12 e Ap 2: 10

A coroa da vida está reservada e será conquistada pelos cristãos que foram provados e aprovados na vida cristã. Muitas vezes, o inimigo armou suas ciladas, mas ele conseguiu sair vencedor. Esse crente não retrocedeu, não fraquejou, não murmurou, não duvidou, não se contaminou e saiu das circunstâncias difíceis com suas vestes brancas, lavadas no sangue do Cordeiro.
Todo crente pode ter essa coroa. Basta suportar com perseverança as provações do dia-a-dia e terá reservado a coroa da vida. Fica, porém, uma pergunta: você tem suportado todas as provações? Ou tem se entregado? Se tiver cedido, é melhor se concertar com Deus. Ele fortalecerá você nessa caminhada até a nova Jerusalém celestial. Ele está bem perto de você e quer lhe ajudar em toda a tentação e provação, Hb 2: 17-18.
 

 A Coroa Incorruptível
          1Co 9: 25-27; 2Co 5: 10

A coroa incorruptível é exclusivamente para aqueles que obtiverem vitória sobre o velho homem. O apóstolo Paulo expressa que iremos comparecer diante do tribunal de Cristo. Lá vai ser manifesto o que tivemos feito de bem ou de mal através do nosso corpo. Portanto, a teoria de que Deus quer somente o coração cai por terra diante do pensamento paulino. Muitos cristãos perderão essa coroa por não dominarem seus desejos concupiscentes, deixando que o velho homem domine sua vida, tornando-se um cristão carnal.
O apóstolo Paulo mostra que é necessário lutar diariamente contra a própria carne e seus desejos, 1Co 9: 25-27. Ele esmurrava seu corpo e o reduzia à escravidão, ou seja, ele tinha domínio sobre seu corpo para não ser encontrado desqualificado no dia do julgamento em que irá receber essa coroa. Essa mesma atitude deve ser tomada por todos aqueles que pretendem conquistar essa coroa.
Dificuldades fazem parte da vida, mas enfrentá-las sem a ajuda de Deus é correr o risco do fracasso. A doutrina do domínio da carne precisa ser praticada pelo crente. Quem quiser receber a coroa incorruptível tem de lutar contra o homem interior e só o Espírito Santo pode ajudar, Ef 3: 16.
 

A Coroa de Alegria
          1Ts 2: 19-20

A coroa de alegria é destinada a todos os cristãos que pregam o evangelho com o único objetivo de ganhar almas para o reino de Deus. Essa questão não é somente para os grandes pregadores, mas para todos os cristãos. Então, o que você está esperando? Comece a ganhar almas para Deus.
Não fique pensando em como evangelizar, mas fale sobre o que o Senhor Jesus fez em sua vida. Seu testemunho poderá ser útil para alguma pessoa e você a ganhará para Cristo. O Espírito Santo a convencerá daquilo que Ele mesmo fez em sua vida. Estamos na reta final da era da igreja e você já pensou em se apresentar diante de Deus sem nenhuma alma? Lembre-se do hino, do Hinário Aleluia: “Posso, tendo as mãos vazias, com Jesus eu me encontrar?”
 

 A Coroa da Justiça
          2Tm 4: 8

A coroa da justiça é para os que amam a segunda vinda de Jesus. Ela manifesta uma das mais sublimes doutrinas dos atributos morais de Deus, que é a justiça. Aliás, é a base do trono de Deus, Sl 97: 2. Se fôssemos depender de nossas justiças, jamais alcançaríamos essa coroa, mas graças a Deus não é assim. É a própria justiça de Deus que opera no crente e faz dele um vencedor.
Esse amor é manifesto de forma prática e não apenas com sentimentos. Assim como Deus amou o mundo e demonstrou através de seu único Filho, o cristão precisa comprovar que ama a Deus por meio de sua vida diária.
Você deseja, ama e anela pela volta de Jesus? O que tem feito em seu dia-a-dia para que ela aconteça? Precisamos estar preparados, minuto a minuto, para o dia em que o Senhor Jesus irá levar seu povo.
 

 A Coroa de Glória
          1Pe 5: 1-4

A coroa de glória é para os que apascentam o rebanho de Deus. Ela está preparada para os pastores e demais obreiros que apascentam o rebanho, as igrejas do Senhor Jesus Cristo. Essa coroa é um galardão especial para aqueles que dedicaram suas vidas em prol da igreja, não em constrangimento (forçados), mas espontaneamente.
Essas pessoas são como modelo do rebanho, 1Pe 5:1-4. As dificuldades ministeriais podem ser mais difíceis que as de uma ovelha, mas a recompensa será maior para todos aqueles que se dedicaram com afinco para o crescimento quantitativo e qualitativo do reino de Deus. O apóstolo Pedro coloca algumas qualificações para que possam receber essa cora e, em Apocalipses 3:1, o Senhor Jesus diz: “conserva o que tens para que ninguém tome a tua coroa”. Portanto, os que estão militando em prol dessa coroa têm de tomar cuidado dobrado para não perdê-la, depois de tê-la adquirido. A Bíblia orienta os obreiros: “Meus amados irmãos, sede firmes e inabaláveis”, 1Co 15: 58.
 

 Conclusão

Quando iremos receber essas coroas? Depois que a igreja visível for arrebatada; depois das bodas do Cordeiro, então se dará a entrega das coroas ou dos galardões, que são recompensas por todos os trabalhos prestados ao Senhor, Mt 10: 42. Não se esqueça de que essas coroas são ganhas por trabalhos prestados ao reino de Deus, em obediência ao “Ide” de Jesus, não se importando com as situações, 2Co 6: 4-10.


......................


João Marques Pedrosa
Pastor da IPR de São Caetano do Sul, no Presbitério de São Paulo Zona Norte.
Texto publicado no Jornal Aleluia de agosto de 2006.
Inserido no site em 23 de agosto de 2009.

Lançamento

informações
espacodopregador@gmail.com

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

2 Minutos -Errei!



 Todos erramos. Seja poucoou muito, discreta ou loucamente.Todos erramos.
Nisto, nãosomos, em nada, diferentes.
Ao errar, uns preocupam-se consigomesmose os privilégios perdidos.
Outros, preocupam-se com o alvejado, com a dor da ferida provocada.
foco que se dádefine exatamente se somos humildesou egocêntricos.
Precisamos conhecer a diferença entreuma e outra coisa.
"Bem-aventuradosos humildes, pois herdarão a terra" (Mateus 5.5)

Karis & Shalom


Pr. Paulo Santos
Phone: 55 11 44022580
Cel.: 55 11 982672361
Skype: paulosantosro
Twitter: paulorosantos